- Nenhum comentário

Limite de gastos nas campanhas para os municípios da Mata Norte

Para deixar a população à par das atualizações acerca das eleições deste ano, trazemos ao conhecimento dos leitores do Buenos em Foco a nova resolução do Tribunal Superior Eleitoral(TSE)  de número 23.459, de 15 de Dezembro de 2015;  que dispõe sobre os limites de gastos para os cargos de vereador e de prefeito nas eleições municipais de 2016. O limite de gastos para a eleição deste ano está previsto na Lei 13.165, art. 5º, inciso I considera o maior valor gasto na eleição anterior, neste caso, 2012, e o INPC(Índice Nacional de Preços ao Consumidor). A lei determina que o limite será de:
a)70% (setenta por cento) do maior gasto declarado para o cargo, na circunscrição eleitoral em que houve apenas um turno;
b) 50% (cinquenta por cento) do maior gasto declarado para o cargo, na circunscrição eleitoral em que houve dois turnos; 
Sendo assim, o limite de gastos para as eleições municipais de 2016 em Buenos Aires são de R$163.230,92  para o cargo de prefeito, e de R$10.803,91 para vereador. Para fins comparativos usaremos os exemplos dos municípios de Vicência e Nazaré, pois são os mais próximos. No caso de Vicência o limite de gastos é de R$178.475,95 para prefeito e de R$25.096,50 para vereador. Já os candidatos de Nazaré da Mata tem um limite de R$108.039,06 para o cargo de prefeito e de R$27.458,32 para vereador. Confira o limite de gastos para todas as dezessete cidades que fazem parte da Microrregião da Mata Setentrional Pernambucana(Mata Norte):
  1. ALIANÇA: Prefeito: R$138.436,19; Vereador: R$20.599,23 
  2. BUENOS AIRES:  Prefeito: R$163.230,92; Vereador: R$10.803,91
  3. CAMUTANGA: Prefeito: R$108.039,06; Vereador: R$10.803,91 
  4. CARPINA: Prefeito: R$397.934,36; Vereador: R$43.851,08
  5. CONDADO: Prefeito: R$210.107,72; Vereador: R$15.646,05 
  6. FERREIROS: Prefeito: R$214.168,79; Vereador: R$21.927,55
  7. GOIANA: Prefeito: R$365.802,12; Vereador: R$53.461,54
  8. ITAMBÉ: Prefeito: R$178.712,72; Vereador: R$16.223,02
  9. ITAQUITINGA: Prefeito: R$108.039,06; Vereador: R$10.803,91
  10. LAGOA DE ITAENGA: Prefeito: R$395.130,69; Vereador: R$10.803,91
  11. LAGOA DO CARRO: Prefeito: R$159.931,06; Vereador: R$10.803,91
  12. MACAPARANA: Prefeito: R$108.039,06; Vereador: R$10.803,91
  13. NAZARÉ DA MATA: Prefeito: R$108.039,06; Vereador: R$27.458,32
  14. PAUDALHO: Prefeito: R$170.130,92; Vereador: R$15.664,78
  15. TIMBAÚBA: Prefeito: R$486.007,66; Vereador: R$40.190,97
  16. TRACUNHAÉM: Prefeito: R$108.039,06; Vereador: R$10.803,91
  17. VICÊNCIA: Prefeito: R$178.475,95; Vereador: R$25.096,50
As informações são do TSE


0 comentários:

Postar um comentário

Conte-nos o que achou disso!