- Nenhum comentário

Suspeitos de matar criança a pauladas foram presos e liberados em seguida

Os homens suspeitos do assassinato da menina Jardiely Maria Menezes da Silva, de 5 anos, foram presos através de uma ação conjunta envolvendo as polícias militar e civil. Ela foi agredida a pauladas por um homem, no dia 24 de janeiro, e morreu após sofrer traumatismo craniano. O caso ocorreu no distrito de Lagoa do Outeiro. 

Os dois foram levados à delegacia local para serem tomadas suas declarações e serão encaminhados para audiência de custódia. A operação coordenada pelo delegado Sérgio Salsa contou com a participação de cinco policiais militares do II Batalhão de Nazaré da Mata, além da equipe da delegacia de Buenos Aires. As investigações estão em estado avançado e, em breve, o inquérito deverá ser concluído.

De acordo com o delegado Sérgio Salsa, responsável pelas investigações, o primeiro a ser localizado foi Allan Carlos Honorato da Silva, conhecido como "Bola de Ouro", que portava uma faca e um barrote de madeira. O segundo criminoso, Bartolomeu Gomes de Lima, o "Batom", foi localizado minutos depois, circulando pela cidade em um veículo branco, com 45 pedras de crack ocultadas no forro da porta do carro.

Os elementos, segundo informações do Comissário Bezerra (Biu Pedro), vinham ameaçando o pai da criança há dias antes do assassinato. Ainda de acordo com o comissário Bezerra, os suspeitos do assassinato foram liberados por insuficiência de provas contundentes para a justiça.  

Com informações do NE10.

0 comentários:

Postar um comentário

Conte-nos o que achou disso!