- Nenhum comentário

UPE volta a oferecer bolsas de permanência após ocupações

Na última sexta feira (03) a Universidade de Pernambuco (UPE) tornou pública a abertura das inscrições para a seleção de Bolsas de Permanência. As bolsas servem de apoio financeiro para estudantes de graduação que sejam vulneráveis, financeiramente falando. Para participar é preciso estar devidamente matriculado num dos cursos da UPE.

Confira o edital.

Essas bolsas de permanência estavam cortadas, e para quem achava que o movimento de ocupação (#ocUPE) tinha sido inútil, se faz necessário dizer que a continuidade das bolsas de permanência foi uma das grandes conquistas desse movimento, dito contra o suposto golpe. Nossa equipe esteve conversando com Ranielle Vital, estudante de ciências biológicas na UPE, ex-presidente do Diretório Acadêmico (DA) do Campus Mata Norte, e, atualmente, presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UPE. Em conversa, Ranielle esclarece a importância dessa militância contrária à PEC:

"A ocupação foi muito importante em vários âmbitos, imprescindível principalmente porque mostrou a força que a militância estudantil possui. Paramos a UPE em mais de 70%, do sertão ao litoral do estado. Isso só denota como, felizmente, os estudantes têm noção do impacto negativo da PEC e da reforma do Ensino Médio na universidade. A ocupação foi primordial, pois nos fez debater qual módulo de Universidade queremos, e, desse modo, pudemos lutar por coisas mais concretas como foi a ampliação do passe livre, das bolsas de permanência que estavam cortadas, dos ônibus para as aulas de campo, a reforma em algumas unidades de ensino que foram liberadas; entre outras coisas indispensáveis para todos universitários."

Será investido nessas bolsas um valor de R$: 431.600,00. O prazo de inscrição vai até o dia 19 desse mês, e os resultados serão divulgados no dia 27 também desse mês.

Texto: Janiele Moraes.

0 comentários:

Postar um comentário

Conte-nos o que acho disso!