- Nenhum comentário

Sport reverte vantagem tricolor e está na final do Nordestão

Foto: Williams Aguiar/Sport
Nem a vantagem conseguida no primeiro jogo, nem o fator casa, favoráveis ao Santa Cruz, foram suficientes para conter o ímpeto rubro-negro nesta quarta-feira (03), no segundo jogo da semifinal da Copa do Nordeste, no Arruda.

Logo no primeiro minuto o atacante André arriscou de fora da área e exigiu boa defesa de Júlio César. Minutos depois, em bola lançada na área e com chute de longa distância, o Sport voltou a oferecer perigo. A história do jogo começou a ser mudada aos 15 minutos, quando Everton Felipe entrou no lugar de Diego Souza, que sentiu dores na coxa esquerda. Com menos de dois minutos em campo, Everton recebeu dentro da área e bateu de primeira, no ângulo direito de Júlio César, que nada pôde fazer: 1 a 0. O Santa tentava reagir com jogadas individuais do atacante Halef Pitbull pela esquerda. E foi com participação dele que o time tricolor chegou com perigo aos 28 minutos. Pitbull tocou de calcanhar para Thomás, que invadiu a área e tocou na saída de Magrão, mas a chegada providencial do zagueiro Durval, mandando a bola para fora, impediu o empate. Um minuto depois, Anderson Salles cobrou falta da entrada da área e parou no goleiro rubro-negro, que fez grande defesa. Aos 37 minutos, Thomás quase marcou. O meia rasgou a defesa rubro-negra pela esquerda e bateu cruzado, Magrão se esticou todo e, com a ponta dos dedos, fez grande defesa. 

No segundo tempo os times alternaram algumas boas chances, mas sem nenhuma grande defesa dos goleiros. O jogo voltou a esquentar aos 23 minutos, quando Rithely deixou a sola da chuteira em Thomás e os jogadores tricolores partiram para cima do volante. Depois da confusão, Rithely e Elicarlos foram expulsos. Aos 31 minutos saiu o gol que definiu a classificação do Sport para a grande final do Nordestão. Magrão lançou Samuel Xavier, o lateral fez jogada individual e cruzou, a defesa afastou para a entrada da área, onde estava o atacante André, que bateu firme e fez: 2 a 0. Depois do gol uma nova confusão tomou conta do ambiente e mais um foi expulso: Evandro, que estava no banco, pelo lado do Sport. Aos 42, Wellington Cézar chutou André e também foi expulso. Ainda houve tempo suficiente para mais uma expulsão: Vítor deu uma verdadeira voadora em Ronaldo e recebeu cartão vermelho. O Santa não encontrou forças para reagir e acabou mesmo derrotado em casa pelo maior rival. 

Agora o Sport enfrentará o Bahia na final, com o primeiro jogo sendo realizado na Ilha do Retiro e o segunda na Arena Fonte Nova, em Salvador. 

Confira os melhores momentos do jogo:  

0 comentários:

Postar um comentário

Conte-nos o que acho disso!