- Um comentário

Moradores de Buenos Aires sofrem com falta d'água


Moradores de diferentes localidades da cidade de Buenos Aires têm tido um problema em comum: a falta d'água. Em alguns casos são mais de 30 dias sem uma gota na torneira.

Através da nossa página nas redes sociais recebemos diversas mensagens de moradores afetados. Há relatos de praticamente todos os bairros e localidades. Loteamento Nossa Senhora de Fátima, Boa Fé, Santa Iracema, Centro, Santa Ana, Vila São Luiz; todos com abastecimento reduzido. 

Diana Karla, moradora da Rua Antônio Francisco de Lira, diz estar há quase um mês sem água. Zelia Maria, da Rua Arlindo Virgínio, na Vila São Luiz, também está há um mês sem água. Rosineide Fontes, moradora do Lot. Nossa Senhora de Fátima: "15 dias que estou sem água. Tem idoso acamado, tem minha avó na cadeira de rodas. Tá um absurdo". Vadelma Santana usou a rede para desabafar: "a conta no dia ninguém esquece de entregar". 

Os moradores informam ainda que mesmo quando a água chega o tempo não é suficiente para encher os reservatórios. Esta é a situação de Ana Souza, moradora do Centro, que diz ter precisado passar a madrugada acordada para obter apenas metade da capacidade do tonel de sua casa.

Resposta da Compesa 


Contatamos a Compesa e obtivemos a informação de que houve uma manutenção de um barrilete em Siriji no dia 18 de outubro e que essa manutenção foi concluída no dia seguinte (19/10). A Compesa disse ainda que não está registrando baixos níveis na barragem de Siriji. No site da companhia há ainda um calendário de abastecimento, que pode ser conferido neste link.

Um comentário:

  1. Pela resposta da COMPESA o responsável pela manobra de abastecimento de água não solta água p população pq não quer. Simplesmente isso.

    ResponderExcluir

Conte-nos o que achou disso!